sábado, 13 de novembro de 2010

World Stage- Suécia: Muito além de ABBA


“Mama mia, here we go again”...quem nunca ouviu essa frase, ou nunca foi a um casamento e ouviu Dancing Queen....
Pois é, nesse World Stage, mostraremos que na Suécia, existem muitas bandas alem de Abba...
Para quem gosta de um som mais calmo, romantico, uma boa pedida é ouvir um sucesso dos anos 80, Spending my time, ou The Look, sim, estou falando de Roxette, banda formada em 1979, pela loira Marie Fredkisson e Per Gessle, porém, gravou seu primeiro disco em 1986, fazendo com que o Roxette se tornasse uma das bandas mais bem sucedidas da Suécia.
Suas músicas de maior sucesso são: “Joy Ride”, “Listen to yout heart”, “Spending my time” e “The Look”.





Dando um salto no tempo, saindo da década de 80, indo para 92, surge uma banda chamada The Cardigans, liderada por, advinhem, uma loira, de voz macia, agradável, chamada Nina Persson, nascida em Órebro no ano de 74.
Cardigans ficou conhecidaem 94, com o single “Rise and Shine”, e, posteriormente, gravaram seu primeiro CD, o “Emmerdalé”.
Em 1996, seu maior HIT foi lançado, Lovefool, que foi executado a exaustão em vários países, tornando o Cardigans uma banda de sucesso.
Uma curiosidade bem interessante sobre o Cardigans, é o fato de que grande parte do sucesso obtido pela banda, se da ao sucesso de um jogo, chamado Gran Turismo 2, que teve a música “My favorite game” como tema.





Aumentando um pouco a “intensidade”, saio agora do “pop” e, novamente pegando uma carona na “máquina do tempo”, chegamos aos anos 70, mais especificamente em 79, na cidade de Upplands Vasby, é formada uma banda chamada Force, por um vocalista (nem preciso falar a cor dos cabelos..rs) chamado Joey Tempest, e o guitarrista John Norum.
Após algumas mudanças de integrantes, em 1982, a namorada de Tempest, inscreve a Force numa competição de bandas na suécia, esmagando aproximadamente 4 mil bandas e levando o premio, não só de melhor banda mas também os de melhor vocalista e melhor guitarrista. Nesse mesmo concurso, os Force se tornam Europe, lançando um disco homonimo em 1983, tornando-os um sucesso no Japão e Suécia. O primeiro single de sucesso foi “Seven Doors Hotel”, conseguindo um lugar no Tokio Hot 100.
Em 84, o Europe lançou o álbum Wings of Tomorrow, e, com o single “Open your Heart”, a CBS Records os contratou em 1985. Nessa mesma época, Mic Michaeli assume os teclados da banda, inicialmente para algumas participações ao vivo porém, logo em seguida, tornou-se membro oficial da banda.
Ainda no mesmo ano, Europe gravou mais um hit, “Rock the Night” para ser trilha de um filme chamado “On the Loose”.
Algum tempo depois, Tempest foi convidado a escrever uma canção para um projeto chamado “Swedish Metal Aid”( uma espécie de Live Aid), então, foi escrita a música “Give a Helping Hand”, e, os ganhos com essa música, foram todos doados ao combate a fome na Etiópia.
Em 86 é lançado o álbum que ira marcar para sempre a história do Europe, chamado “The Final Countdown”, com 2 grandes hits, um que leva o nome do disco , uma balada chamada “Carrie” e “Cherokee”.
Fizeram vários shows pela Europa e, EUA, já com um novo disco lançado, o “Out of this World”, que não atingiu tanto sucesso quanto o anterior.
Em 89 fizeram um show no aclamado Whiskey a Gogo, sob o nome de Le Baron Boys, que mais tarde foi o nome usado na bootleg com canções que haviam sido rejeitadas pela gravadora.
Na véspera de ano novo de 91, começam uma nova turne, em Tokio, no Tokio Dome, onde varias outras bandas de renome já haviam se apresentado, e, chamaram essa turne de Final Countdown, que, ironicamente, seria a ultima turne do Europe em tempos, acabando em 1992.
Em 2003 é anunciado o retorno do Europe, com sua formação “clássica”, fizeram vários shows pela Europa, participações em shows de grandes nomes como Whitesnake e Deep Purple e, recentemente lançaram um novo disco, chamado Last Look at Eden, e, com a turne desse albúm, marcou sua primeira presença no Brasil.





No ano de 2000, quando para muitos o Glam Metal já havia chegado ao fim, surge em Estocolmo, uma banda chamada Crash Diet, com forte influência de bandas como Guns N'Roses(tanto que o nome Crash Diet é o de uma música do Guns, gravada inicialmente para o álbum “Use Your Ilusion”, porém, acabou não entrando para o disco), Motley Crue, Skid Row, Hanoi Rocks, W.A.S.P Kiss dentre várias outras bandas de Glam/Sleaze.
Em 2005 foi lançado seu primeiro disco Rest in Sleaze, sairam então numa turne pela Suécia, para divulgar seu álbum, e, no mesmo ano, tocaram no Download Festival, na Inglaterra.
No ano de 2006, Dave Lepard é acometido pela depressão e, após sua morte, a banda inicia as buscas por um novo vocal, que acontece em 2007, com a entrada de H. Oliver Twited.
Em 2008, Crashdiet tocou no Brasil, tendo todos os ingressos vendidos e, pouco mais de um mês, o vocalista oficialmente se desliga da banda, para se dedicar totalmente a banda finlandesa Reckless Love.
Existem varias outras bandas na Suécia, principalmente o cenário metal, com exemplos como Siebemburgen, Arch Enemy, Marduk dentre outras, tornando a Suécia um páis forte no metal, principalmente se tratando de metal extremo(black/death).





Uma ultima observação que não pode ser deixada de lado, embora fique fora da proposta desse blog, é que, independente de todas as bandas aqui listadas, nunca ouve uma banda capaz de superar a fama do grupo ABBA, formada em 1972 e que, seu nome, é constituido pelas iniciais de seus nomes (Agnetha Faltskog, Bjorn Ulvaeus, Benny Andersson e Anni-Frid Lyngstad), que, infelizmente se desfez em 1982 mas, deixou grandes hits como “Dancing Queen”, “Mama Mia” e “Fernando”...(quem nunca ouviu Dancin'Queen numa festa de casamento após alguns wiskeys?!rs).

 


Curtiu esse especial??? Então vote na enquete ao lado e escolha o nosso proximo tema