sábado, 13 de novembro de 2010

World Stage- Suécia: Muito além de ABBA


“Mama mia, here we go again”...quem nunca ouviu essa frase, ou nunca foi a um casamento e ouviu Dancing Queen....
Pois é, nesse World Stage, mostraremos que na Suécia, existem muitas bandas alem de Abba...
Para quem gosta de um som mais calmo, romantico, uma boa pedida é ouvir um sucesso dos anos 80, Spending my time, ou The Look, sim, estou falando de Roxette, banda formada em 1979, pela loira Marie Fredkisson e Per Gessle, porém, gravou seu primeiro disco em 1986, fazendo com que o Roxette se tornasse uma das bandas mais bem sucedidas da Suécia.
Suas músicas de maior sucesso são: “Joy Ride”, “Listen to yout heart”, “Spending my time” e “The Look”.





Dando um salto no tempo, saindo da década de 80, indo para 92, surge uma banda chamada The Cardigans, liderada por, advinhem, uma loira, de voz macia, agradável, chamada Nina Persson, nascida em Órebro no ano de 74.
Cardigans ficou conhecidaem 94, com o single “Rise and Shine”, e, posteriormente, gravaram seu primeiro CD, o “Emmerdalé”.
Em 1996, seu maior HIT foi lançado, Lovefool, que foi executado a exaustão em vários países, tornando o Cardigans uma banda de sucesso.
Uma curiosidade bem interessante sobre o Cardigans, é o fato de que grande parte do sucesso obtido pela banda, se da ao sucesso de um jogo, chamado Gran Turismo 2, que teve a música “My favorite game” como tema.





Aumentando um pouco a “intensidade”, saio agora do “pop” e, novamente pegando uma carona na “máquina do tempo”, chegamos aos anos 70, mais especificamente em 79, na cidade de Upplands Vasby, é formada uma banda chamada Force, por um vocalista (nem preciso falar a cor dos cabelos..rs) chamado Joey Tempest, e o guitarrista John Norum.
Após algumas mudanças de integrantes, em 1982, a namorada de Tempest, inscreve a Force numa competição de bandas na suécia, esmagando aproximadamente 4 mil bandas e levando o premio, não só de melhor banda mas também os de melhor vocalista e melhor guitarrista. Nesse mesmo concurso, os Force se tornam Europe, lançando um disco homonimo em 1983, tornando-os um sucesso no Japão e Suécia. O primeiro single de sucesso foi “Seven Doors Hotel”, conseguindo um lugar no Tokio Hot 100.
Em 84, o Europe lançou o álbum Wings of Tomorrow, e, com o single “Open your Heart”, a CBS Records os contratou em 1985. Nessa mesma época, Mic Michaeli assume os teclados da banda, inicialmente para algumas participações ao vivo porém, logo em seguida, tornou-se membro oficial da banda.
Ainda no mesmo ano, Europe gravou mais um hit, “Rock the Night” para ser trilha de um filme chamado “On the Loose”.
Algum tempo depois, Tempest foi convidado a escrever uma canção para um projeto chamado “Swedish Metal Aid”( uma espécie de Live Aid), então, foi escrita a música “Give a Helping Hand”, e, os ganhos com essa música, foram todos doados ao combate a fome na Etiópia.
Em 86 é lançado o álbum que ira marcar para sempre a história do Europe, chamado “The Final Countdown”, com 2 grandes hits, um que leva o nome do disco , uma balada chamada “Carrie” e “Cherokee”.
Fizeram vários shows pela Europa e, EUA, já com um novo disco lançado, o “Out of this World”, que não atingiu tanto sucesso quanto o anterior.
Em 89 fizeram um show no aclamado Whiskey a Gogo, sob o nome de Le Baron Boys, que mais tarde foi o nome usado na bootleg com canções que haviam sido rejeitadas pela gravadora.
Na véspera de ano novo de 91, começam uma nova turne, em Tokio, no Tokio Dome, onde varias outras bandas de renome já haviam se apresentado, e, chamaram essa turne de Final Countdown, que, ironicamente, seria a ultima turne do Europe em tempos, acabando em 1992.
Em 2003 é anunciado o retorno do Europe, com sua formação “clássica”, fizeram vários shows pela Europa, participações em shows de grandes nomes como Whitesnake e Deep Purple e, recentemente lançaram um novo disco, chamado Last Look at Eden, e, com a turne desse albúm, marcou sua primeira presença no Brasil.





No ano de 2000, quando para muitos o Glam Metal já havia chegado ao fim, surge em Estocolmo, uma banda chamada Crash Diet, com forte influência de bandas como Guns N'Roses(tanto que o nome Crash Diet é o de uma música do Guns, gravada inicialmente para o álbum “Use Your Ilusion”, porém, acabou não entrando para o disco), Motley Crue, Skid Row, Hanoi Rocks, W.A.S.P Kiss dentre várias outras bandas de Glam/Sleaze.
Em 2005 foi lançado seu primeiro disco Rest in Sleaze, sairam então numa turne pela Suécia, para divulgar seu álbum, e, no mesmo ano, tocaram no Download Festival, na Inglaterra.
No ano de 2006, Dave Lepard é acometido pela depressão e, após sua morte, a banda inicia as buscas por um novo vocal, que acontece em 2007, com a entrada de H. Oliver Twited.
Em 2008, Crashdiet tocou no Brasil, tendo todos os ingressos vendidos e, pouco mais de um mês, o vocalista oficialmente se desliga da banda, para se dedicar totalmente a banda finlandesa Reckless Love.
Existem varias outras bandas na Suécia, principalmente o cenário metal, com exemplos como Siebemburgen, Arch Enemy, Marduk dentre outras, tornando a Suécia um páis forte no metal, principalmente se tratando de metal extremo(black/death).





Uma ultima observação que não pode ser deixada de lado, embora fique fora da proposta desse blog, é que, independente de todas as bandas aqui listadas, nunca ouve uma banda capaz de superar a fama do grupo ABBA, formada em 1972 e que, seu nome, é constituido pelas iniciais de seus nomes (Agnetha Faltskog, Bjorn Ulvaeus, Benny Andersson e Anni-Frid Lyngstad), que, infelizmente se desfez em 1982 mas, deixou grandes hits como “Dancing Queen”, “Mama Mia” e “Fernando”...(quem nunca ouviu Dancin'Queen numa festa de casamento após alguns wiskeys?!rs).

 


Curtiu esse especial??? Então vote na enquete ao lado e escolha o nosso proximo tema

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Wolfmother


De origem australiana, eles vieram com tudo no quesito Hard Rock, estou falando do Wolmother, banda formada no subúrbio de Sydney em 2000, a sucesso da banda é fruto de vários anos de anonimato da banda, que mantém um estilo setentista, com vocais agudos e guitarras estrondeantes com inspirações de grandes bandas da década de 70 como o LED ZEPPELLIN,BLACK SABBATH e o DEEP PURPLE , eles arrebentam no estilo Hard Rock clássico, com logotipos e slogan’s psicodélicos e com um pé até no Folk, recentemente o Wolfmother vem ganhando prêmios e tem tidos destaques no gramys, como por exemplo em 2007 quando a banda recebeu o prêmio com a musica Woman, ganhando de bandas já consagradas com System of a Down e Nine Inch Nails.

O WOLFMOTHER hoje é formado por:

ANDREW STOCKDALE (VOCAL E GUITARRA) FEZ UMA PART,NO CD DO SLASH
AIDAN NEMETH (GUITARRA BASE)
IAN PERES (BAIXO,TECLADO E VOZ DE APOIO)
WILL ROCKWEEL SCOTT (BATERIA)

Agora entenda o porque a banda ganhou o Grammy em 2007 com a canção WOMAN

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

BIOGRAFIA: Red Hot Chili Peppers

O Red Hot Chili Peppers foi formado em Los Angeles, Califórnia, em 1983. A banda já ganhou seis Grammys, e atualmente é composta por quatro membros: o vocalista Anthony Kiedis, o baixista Michael "Flea" Balzary, o baterista Chad Smith e o guitarrista Josh Klinghoffer, que está atualmente substituindo John Frusciante. Assistindo a várias mudanças e a problemas pessoais de membros, o estilo da banda é variado, conseguindo juntar elementos do funk tradicional com elementos de outros gêneros como punk rock e rock psicodélico.


Eles eram garotos de Hollywood que descobriram um som diferente. Em retrospecto eles estavam fora do contexto, fora do que havia na época. Eram diferentes. Os Chili Peppers causaram polêmica desde o início, com suas famosas "Socks on Cocks", mas, por trás da fachada extravagante há uma amizade inabalável. O grupo passou pela morte de um dos integrantes por overdose de heroína (Hillel Slovak), e testemunho do quase declínio total de outro (John Frusciante). Após a recuperação, com a "nova" formação, o Red Hot Chili Peppers abriu novas trilhas e atingiu seu maior sucesso, ultrapassando muitos grupos de rock atuais.
Atravessando os anos 90 como uma das grandes bandas do rock contemporâneo. Isto tudo é virtude do bem sucedido álbum 'Blood Sugar Sex Magik', de 1991. Que trouxe os hits "Give it Away" e "Under The Bridge". Na sua longa história, a banda teve um entra e sai de integrantes. Alguns tocando somente em turnês outros fazendo história junto à banda. Como Hillel Slovak, que entrou no grupo em 1983, saiu em 1984 devido a problemas com drogas e retornou em 1985, gravando os álbuns 'Freaky Styley'[1985] e 'The Uplift Mofo Paty Plan' [1987]. Hillel Slovak morreu de overdose em 1988. Depois, em seu lugar entrou o John Frusciante. Este tocou nos álbuns 'Mother's Milk' [1989] e 'Blood Sugar Sex Magik' [1991]. Saiu em 1992 e retornou 1999, já tocando no álbum 'Californication'. Outro que fez parte da banda foi o ex-Jane's Addiction, Dave Navarro. O guitarrista entrou no Red Hot Chili Peppers em 1993, tocou no disco 'One Hot Minute' [1995] e gravou com a banda a música "Love Rollercoaster" para a trilha do filme 'Beavis e Butt-Head Detonam a América', de 1997. Em 1999 Dave Navarro saiu da banda. Flea [baixo], John Frusciante [guitarra], Anthony Kiedis [Vocal] e Chad Smith [bateria] lançaram o oitavo disco de estúdio em 2002, o 'By the Way'.
Todos os integrantes se livraram de vez das drogas. E assim começava uma série de sucessos. O álbum vendeu mais de um milhão de cópias só na primeira semana do lançamento, recebendo muitas críticas dos fãs, pois praticamente só tem baladas românticas. Muito provavelmente por ter sido o primeiro álbum em anos que a banda fez sem usar nenhum tipo de droga. Mas, mesmo deixando o funk rock um pouco apagado, o álbum tinha algumas canções de destaque, como "Dosed", "The Zephyr Song", "By the Way" e "Can't Stop". Também foi nesse álbum que surgiu uma das primeiras críticas à mídia vinda dos Peppers, com a canção "Throw Away Your Television". (Jogue fora sua televisão).
Em novembro de 2003, a banda lança o Greatest Hits, álbum com algumas das músicas que fizeram mais sucesso durante toda a carreira dos Chili Peppers. Teve também duas músicas inéditas: "Fortune Faded" e "Save the Population". Dentre as faixas do álbum By the Way, as canções "Universally Speaking" e "By the Way" foram inclusos na coletânea. Também nesse mesmo ano, a banda faz um show que virou DVD, o Live at Slane Castle. O show foi na Irlanda, em 23 de agosto de 2003.
Em 2004, a banda lança seu primeiro álbum ao vivo, o Live in Hyde Park, na Inglaterra, no qual foi feito dois CDs do show. Também foram tocadas duas músicas inéditas da banda; "Rolling Sly Stone" e "Leverage of Space". Em 2005, a banda faz poucos shows, pois estavam todos cansados com a turnê mundial do álbum By the Way. Nesse mesmo ano, a banda participou de um evento beneficente no "React Now" no dia 9 de setembro de 2005, em Hollywood, Califórnia.
Em 2006 foi lançado o álbum duplo Stadium Arcadium, nono álbum de estúdio da banda, lançado em 5 de maio através da Warner Bros. Records. O álbum vendeu 442 mil cópias nos Estados Unidos na primeira semana e estreou em primeiro lugar na Billboard 200. Os singles "Snow ((Hey Oh))", "Tell Me Baby" e "Dani California" emplacam. O álbum duplo possui dois CDs intitulados "Mars" e "Júpiter". Destaque para "Dani California" que é a primeira canção do álbum duplo. Planejado inicialmente para ser lançado como uma trilogia em partes separadas, o álbum, duplo, compila as 28 melhores músicas gravadas pela banda em parceria com o produtor Rick Rubin. Com mais de seis milhões de cópias comercializadas ao redor do mundo, o álbum se tornou o mais vendido de 2006. No clipe de "Dani California" algumas bandas são homenageadas, como Sex Pistols, Nirvana e The Beatles. Dani California é uma personagem da cabeça de Anthony. Ela também aparece em outras duas músicas da banda; "By the Way"e "Californication".
Em fevereiro de 2007, a banda concorreu na 49ª edição do Grammy Awards em Staples Center, Los Angeles. O álbum Stadium Arcadium foi indicado em sete categorias e ganhou quatro grandes prêmios; "Melhor Performance de Rock em Dupla ou Grupo" (Dani California), "Melhor Música Rock" (Dani California), "Melhor Álbum de Rock" (Stadium Arcadium), "Melhor Disco em Edição Especial (Box)" (Stadium Arcadium) e "Produtor do Ano" (Rick Rubin).
Anthony Kiedis disse em entrevista à Rolling Stone publicada no dia 20 de maio de 2008, que o Red Hot Chili Peppers estarão dando pausa no momento. Kiedis disse que banda está desgastada a partir de seus anos de trabalho sem interrupções desde Californication. Kiedis explicou que ele está atualmente preocupado com questões de cuidar de seu novo filho, enquanto que Flea está experimentando novas idéias musicais, Frusciante está continuando a sua carreira solo, e Chad Smith está com vários projetos com sua nova 'superbanda'. A banda tem planos de permanecer no hiato de "no mínimo um ano." No entanto, Kiedis afirmou que ele está ansioso para começar a pensar em novo projeto. Em entrevista à Rhythm Magazine, Chad Smith disse: "Nós estivemos em turnê por um ano e meio, então dissemos 'vamos tirar um ano de férias.' Nós não tiramos férias desde que o John voltou para banda, há quase dez anos atrás. Nós escrevemos músicas, gravamos, daí saímos em turnês de um ano e meio, depois escrevemos mais, e já fizemos esse ciclo três vezes seguidas. Hora de dar uma paradinha. Anthony estava para ser pai, John quer fazer um disco solo, Flea tem as coisas dele para cuidar. Todos precisavam de uma pausa de ser os Chili Peppers." No entanto, Chad disse que a banda não se separou e que terá planos junto com outros membros. Chad Smith, no entanto, tem projetos com Sammy Hagar, Joe Satriani e Michael Anthony com a superbanda Chickenfoot.
Em outubro de 2008, o baixista Flea anunciou que o RHCP fará uma pausa por estarem "emocionalmente esgotados"."Trabalhamos arduamente durante muito tempo", explicou o baixista Flea ao Los Angeles Times. "Estávamos precisando ficar longe de tudo para olhar as coisas sob uma nova perspectiva." Flea disse também que se matriculou na University of Southern California para estudar música. "Estou grato que minha educação musical tenha evoluído, mas é divertido aprender coisas que eu nunca havia estudado antes."
John Frusciante lançou mais um novo álbum na carreira solo, aproveitando o período de férias do Red Hot Chili Peppers, o guitarrista preparou o lançamento de um novo álbum solo. O trabalho foi batizado de The Empyrean, e o lançamento foi em 20 de janeiro de 2009, pelo selo americano Record Collection. O disco trouxe dois convidados especiais, um deles é o ex-guitarrista da banda inglesa The Smiths, Johnny Marr. O outro convidado é o baixista Flea, parceiro de Frusciante no RHCP. The Empyrean é o décimo álbum solo do guitarrista e o sétimo desde que ele voltou ao Red Hot Chili Peppers em 1998.
John Frusciante deu uma entrevista à revista online The Horse Chronicles onde afirma que não deixou a banda e que sempre que os Red Hot Chili Peppers faziam uma pausa ele saía da banda. Mas em 16 de dezembro de 2009, John escreveu em seu site um breve esclarecimento sobre os boatos que corriam na época. De acordo com a postagem, ele teria deixado a banda há um ano. "Quando eu saí da banda, há mais ou menos um ano, estávamos num hiato de tempo indefinido. Não houve drama ou raiva, e os outros caras foram muito compreensivos. Eles apóiam eu fazer qualquer coisa que me faça feliz e eu também os apóio."
A banda é uma das indicadas para o Rock and Roll Hall of Fame 2010, prêmio que imortaliza os artistas mais importantes e influentes mundialmente.
Os Red Hot Chili Peppers voltaram a um trabalho de estúdio em um novo álbum desde 12 de outubro de 2009, com o guitarrista Josh Klinghoffer que substituirá John Frusciante como guitarrista após sua segunda saída da banda. O próximo album deverá ser lançado em março de 2011, de acordo com Chad Smith. A banda fez seu retorno ao vivo em um tributo a Neil Young em 29 de janeiro de 2010 no MusiCares.

Premios e indicações

O Red Hot Chili Peppers venceu seis vezes o Grammy Awards:
• 1993: Melhor Performance de Hard Rock - "Give It Away"
• 2000: Melhor Canção de Rock - "Scar Tissue"
• 2007: Melhor Álbum de Rock
• 2007: Melhor Disco em Edição Especial - Stadium Arcadium
• 2007: Melhor Performance de Rock em Dupla ou Grupo
• 2007: Melhor Canção de Rock: "Dani California"
MTV Video Music Awards
• 1992: Breakthrough Video - "Give It Away", Viewer's Choice - "Under the Bridge"
American Music Awards
• 2000: Artista Alternativo Favorito
• 2006: Pop/Banda de Rock/Dupla/Grupo Favorito, Artista Alternativo Favorito
Billboard Muse Awards
• 2000: Melhor Grupo Alternativo
A banda também recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood em 2008.

Em 2012 a banda entrou no Hall da Fama do Rock, uma honraria que é para poucos.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

AIRBOURNE

E O que tem de novo por aí ?


Airbourne 

A banda foi formada pelos irmãos Joel e Ryan O'Keffe em 2003 ,de origem australiana a Airbourne é uma banda jovem com integrantes na faixa de 19-23 anos, mas tocando o clássico e bom Hard Rock,com influências de Kiss, Ac/Dc e Motorhead, os "Kras" vem lotando estádios na Australia e conquistando vários fãs do estilo, sendo também elogiados por bandas consagradas como os Stones, Motley Crue e Slash , que já é fã dos "Kras" de graça, Slash vem usando até camisas da Airbourne, Slash declarou que a Airbourne é a velha nova geração do Hard Rock mundial, apesarem de ser novos, fazem um som clássico, dizendo assim que os integrantes já nasceram velhos !. 


veja o que podemos esperar:


Integrantes:
  • Joel O'Keeffe (vocal/guitarra solo)
  • David Roads (guitarra base)
  • Ryan O'Keeffe (bateria /backing vocals)
  • Justin Street (baixo/backing vocals)