sábado, 2 de julho de 2011

Twisted Sister: DVD duplo ao vivo com shows de 1982 e 2001

Conforme noticiado no site da Revista Guitar Player
oTwisted Sister reuniu dois momentos distintos de sua carreira em um DVD duplo, que chega às lojas dos Estados Unidos no final do mês. 'Double Live - North Stage '82/New York Steel '01' está sendo esperado para o próximo dia 26, via Eagle Rock Entertainment.

A banda compilou uma apresentação realizada nos primórdios de sua jornada, em 1982, e outra quase 20 anos depois, em 2001. Na primeira, o repertório contou com muitas das canções que estariam no disco de estreia, 'Under the Blade', que saiu naquele mesmo ano. O segundo show aconteceu para marcar a reunião do grupo e também levantar fundos para ajudar as famílias das vítimas dos ataques terroristas de 11 de setembro nos Estados Unidos.

Veja abaixo a lista de faixas:

Disco 1
01. What You Don't Know (Sure Can Hurt You)
02. Destroyer
03. Tear it Loose
04. Bad Boys (Of Rock 'n' Roll)
05. Lady's Boy
06. Leader of the Pack
07. Under the Blade
08. Shoot 'Em Down
09. Sin After Sin
10. I'll Never Grow Up, Now
11. You Can't Stop Rock 'n' Roll
12. You Know I Cry
13. It's Only Rock 'N' Roll
14. Rock 'n' Roll Saviors

Disco 2
01. What You Don't Know (Sure Can Hurt You)
02. The Kids Are Back
03. Stay Hungry
04. Burn in Hell
05. You Can't Stop Rock 'n' Roll
06. Under the Blade
07. Shoot 'Em Down
08. Come Back
09. You Know I Cry
10. I Wanna Rock
11. We're Not Gonna Take It

FONTE: SITE DA REVISTA GUITAR PLAYER

MATT SORUM se apresentara junto ao KIARA ROCKS em São Paulo

MATT SORUM se apresentara junto ao KIARA ROCKS no dia 13 de julho no Na Mata Café que é localizado no Itaim Bibi em São Paulo , a informação foi dada pelo twitter de Cadu Pelegrini e Retwitada por Matt, recentemente o Ex-baterista do GUNS N' ROSES gravou algumas faixas com a banda

.

Van Halen: Novo disco é baseado em demos dos anos 80

Materia Retirada do Site Lokaos Rock Show
Author: NachoBelgrande 


O guitarrista do ALTER BRIDGE e do CREED, MARK TREMONTI é amigo próximo de WOLFGANG VAN HALEN e foi recentemente convidado aos estúdios 5150, onde Eddie, Alex e Wolfgang Van Halen tocaram seu novo disco – ainda não lançado- ao vivo no estúdio, de cabo a rabo. Ele descreveu a experiência como ‘incrível’.
Ontem, mais detalhes vieram à tona quando Tremonti telefonou para o programa matutino de rádio de Ross Ford na rádio 94.3 KILO no estado do Colorado [EUA] e falou mais sobre seu recente pulo até o 5150.
Descrevendo mais sobre a experiência, Mark diz, ‘Wolfie perguntou e eu e meu amigo Eric queríamos ir dar uma olhada nos ensaios no dia seguinte na casa do pai dele. E eu disse [risos] “Claro!” [risos]. Então ele me apanhou no dia seguinte e fomos de carro até aquela casa grande, com um baita portão e chegamos aos estúdios 5150. Era só eu, meu amigo Eric, Wolfie e Eddie em uma sala, e daí Alex estava na outra sala, atrás daqueles abafadores de vidro, e daí eles tocaram o disco novo inteiro. O que torna o disco tão bom é que eles pegaram o que podiam das demos antigas deles dos anos 80 e basicamente fizeram o que puderam para crias canções a partir de idéias antigas, então ele soa como o Van Halen antigo. Musicalmente, parece com o período do começo dos anos 80. Eu não ouvi nenhum vocal – David não estava lá. Foi apenas uma experiência louca sentar ali e assistir. Eddie estava a 1 metro de mim, e Wolfie estava do outro lado. Os caras estavam muito animados em fazer o que eles estão fazendo.


‘Eu me lembro de comentar sobre as frases de baixo de Wolfgang – eu disse, “Cara, foi um lance muito legal com acorde que você fez no final ali.” E daí Eddie olhou pra mim e brincou “Hey, hey, hey… e como ficou a MINHA parte?” [risos] [Eu disse], ‘Cara, você é EDDIE VAN HALEN. A sua parte é incrível toda vez! [risos]. Ele foi muito, muito gentil. Eu não poderia ter tido uma experiência melhor.
Quando falou de sua amizade com Wolfgang, Mark disse, “Ele é simplesmente um cara muito, muito legal. Toda vez que eu o vejo ele é um cara muito positivo, humilde. Ser o filho de Eddie Van Halen, você não sabe o que poderia esperar, mas ele é o cara mais legal do mundo. Ele é mais talentoso do que qualquer um. Ele é baterista, guitarrista, baixista, e um excelente vocalista. Eu acho que quando você aprende cedo, você se torna muito melhor, e ele tem feito isso desde que ele era um bebê, então ele é um cara muito, muito talentoso. Nós os chamamos de Wolfie.

Fonte Original em ingles: site Van Halen News Desk

T4F Confirma shows de Roger Waters no Brasil

A nota a seguir foi retirada do site da T4F

doi


Roger Waters, um dos fundadores e principal compositor de uma das bandas de rock progressivo mais importantes de todos os tempos, Pink Floyd, leva sua obra-prima, The Wall, em uma turnê que passa primeiro pela Austrália e Nova Zelândia, antes de desembarcar no Chile, Argentina e, finalmente, Brasil.

Com realização da TIME FOR FUN, Roger Waters apresenta The Wall no dia 17 de março de 2012 em Porto Alegre, segue para duas datas em São Paulo nos dias 22 e 23 de março e, encerra a série de shows no Rio de Janeiro, dia 25 de março de 2012. As vendas para os shows terão início em setembro de 2011. Mais informações sobre valores serão divulgadas em breve.

A produção ao ar livre de The Wall na América do Sul será em uma escala nunca antes vista pelo público. Pela primeira vez em toda a turnê, os shows acontecerão em estádios. Waters desenvolveu também imagens dinâmicas para ilustrar a história e as canções, tudo isso com um muro com mais de 137 metros de largura, que forma um telão.

Escrito e produzido por Roger Waters, The Wall foi apresentado pela primeira vez ao vivo pelo Pink Floyd em 1980, e ainda conta com todos os efeitos especiais criados por ele, incluindo as imagens originais de Gerald Scarfe, o avião batido, o som quadrafônico, pirotecnia, bonecos infláveis gigantescos, porco voador, além de uma tecnologia de projeção mais recente, mapeamento de vídeo e muitos efeitos elaborados.

O momento mais especial do show é o Fallen Loved Ones, onde fotografias e histórias de pessoas que perderam suas vidas em guerras, incluindo o pai de Roger Waters, Eric, são apresentadas no telão, em uma homenagem e também um protesto contra os combates militares ao redor do mundo. Entre os homenageados está o brasileiro Jean Charles de Menezes, morto no metrô de Londres em 2005.

A turnê norte-americana de The Wall em 2010 foi a mais lucrativa em arenas fechadas em todos os Estados Unidos no ano passado (arrecadou 89,5 milhões de dólares em 56 shows, sendo sete esgotados em Nova York e cinco em Los Angeles). A perna européia da turnê também foi tão bem sucedida quanto à americana, com 64 shows já realizados este ano, em apresentações esgotadas como os seis shows na O2 Arena, em Londres, onde a performance contou com a presença dos ex-membros David Gilmour e Nick Mason, para delírio dos fãs e críticos.

Antes da turnê de 2010, The Wall foi realizada ao vivo pelo Pink Floyd apenas 29 vezes entre 1980 e 1981, como parte de divulgação do álbum. O próximo show só foi acontecer em Berlin, em julho de 1990, onde Roger Waters celebrou a queda do muro de Berlim em uma performance que atraiu quase meio milhão de fãs à Potsdamer Platz.

The Wall recebeu dois prêmios da prestigiada Pollstar Music Industry Awards em Los Angeles, nas categorias “Maior Turnê de 2010” e “Produção de Palco Mais Criativa”.

Originalmente lançado em novembro de 1979 e tocado pela primeira vez ao vivo em 1980, The Wall foi o álbum mais vendido daquele ano e ainda está entre os cinco discos mais vendidos de todos os tempos nos EUA. Também se tornou filme, dirigido por Alan Parker, com roteiro de Roger Waters, lançado em 1982.

ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE THE WALL
• Largura da parede: 137 metros de largura; 11 metros de altura; 5,5 metros de profundidade
• Número de tijolos: 424
• Número de tijolos que serão usados na turnê (todos os tijolos são reciclados e serão re-reciclado após o uso): 3.000 tijolos para turnê nos EUA e turnê européia
• Tempo para construir o muro (ou seja, período que corresponde ao primeiro tijolo até o último): 45 minutos
• Número de construtores: 12 pessoas da produção do artista e 8 pessoas das produções locais
• Motores elétricos: 47
• Eixos de controle para construção de The Wall: 20
• Comprimento de todos os cabos elétricos, incluindo iluminação, som e potência: Cerca de 32 quilômetros
• Alto-falantes:172 (incluindo surrounds e monitores)
• Moving lights: 82
• Projetores: 23
• Diâmetro da tela circular: cerca 9 metros de diâmetro
• Comprimento / largura da projeção da parede: 73 metros de largura x 7,5 metros de altura
• Mesas de controle e seus respectivos operadores: 12
• Carrinhos de cenário: 140
• Altura dos infláveis: Professor – 9 metros; Esposa – 9 metros; Mãe – 10 metros
• Peso de todo o cenário: 55 toneladas
• Peso de equipamentos de chão: 57 toneladas
• Peso total: 112 toneladas
• Caminhões: 21
• Quantidade de energia necessária para show: 3000 ampères
• Equipe de carpintaria: 16
• Equipe de iluminação: 5
• Equipe de vídeo: 5
• Equipe de som: 6
• Equipe de backline: 4
• Equipe de automação: 6
• Equipe de pirofagia: 3
• Equipe de aparelhadores: 4
• Equipe total da turnê: 66 (excluindo 18 da banda e equipe pessoal)
• Ônibus: 6
• Equipe local: 80.

Van Halen confirma cinco shows para esse ano


As datas já haviam sido anunciadas, mas agora o Van Halen confirmou oficialmente sua turnê pela Austrália como atração principal do Soundwave Revolution. Serão cinco apresentações entre Setembro e Outubro.

24.09.11 - Brisbane
25.09.11 - Sydney
30.09.11 - Melbourne
01.10.11 - Adelaide
03.10.11 - Perth

terça-feira, 28 de junho de 2011

Confirmado primeiras atraçoes do SWU

Segundo noticiado na GLOBO.COM a banda de metal Megadeth, o rapper Snoop Dogg, os cantores Damian 'Jr. Gong' Marley e Peter Gabriel e o grupo pop Black Eyed Peas são os primeiros artistas confirmados para se apresentar no festival SWU, em novembro deste ano. As informações foram confirmadas pela organização do evento, em entrevista coletiva nesta terça-feira (28).

A segunda edição do festival será realizada  em Paulínia, cidade do interior de São Paulo e localizada a 120 km da capital, nos dias 12, 13 e 14 de novembro.

Os ingressos começam a ser vendidos em 11 de julho nos pontos de venda (sem taxa de conveniência), por telefone e pelo site da Ingresso Rápido. Os valores ainda não foram divulgados, mas Eduardo Fischer, organizador do festival, disse que os preços serão "razoáveis", "um pouco acima" do cobrado na edição passada (a partir de R$ 240).

"Sustentabilidade não é caridade. O festival precisa de recursos para trazer as bandas que vocês querem. Mas vamos continuar na média do mercado", disse Fischer.

Desta vez, o SWU terá quatro palcos e cerca de 70 atrações em uma área quatro vezes maior que a fazenda Maeda, em Itu, que recebeu a edição passada. São esperadas 70 mil pessoas por dia e Fischer adiantou também que a área vip será menor, com pouco mais de 4.000 pessoas, e não ficará mais diante dos palcos, mas nas laterais.

Outra novidade é que o público, limitado a 210 mil pessoas, poderá sair do festival para comer fora da área de shows. A tenda eletrônica voltará com o dobro do tamanho.

Fischer negou os boatos de que Bob Dylan tocaria no festival. "Isso é especulação; nunca falamos isso", respondeu, questionado por um jornalista que, além de Dylan, especulou sobre nomes como Arctic Monkeys, Cold War Kids e Soundgarden. "Pelo menos uns dois a gente está conversando", completou, sem especificar quais.

Milkon “Mac” Chriesler, diretor geral do festival, confirmou ao G1 que 90% das atrações assinaram contrato de exclusividade. O objetivo é que os principais nomes do evento toquem apenas nele. "Os headliners com certeza serão exclusivos nossos", explicou.

Fisher também comentou a mudança de Itu para Paulínia, com quem o SWU terá um contrato pelos próximos cinco anos. "A prefeitura de Itu nos ajudou, mas desde o começo era uma iniciativa privada", disse Fischer. "Quando o evento acabou, descobrimos que o PIB da região [de Itu] aumentou em 15%. Foram centenas de milhares de empregos gerados, movimentou a economia. Então pegamos esse pacote de ações e falamos com algumas cidades. Queríamos que a cidade trouxesse empresas da região e que não só virasse patrocinador do projeto, mas que fosse quase sócio."

"Paulínia se sente privilegiada por receber um evento desse tamanho", disse o prefeito da cidade, José Pavan, que recentemente vem atraindo também investimentos na área de cinema.

Além da programação musical, o SWU 2011 será novamente palco para discussões sobre sustentabilidade. No fórum, o cantor Neil Young, que está gravando um filme sobre o assunto, será o principal palestrante. Conhecido como uma das principais vozes pacifistas na década de 1960, o artista usa um carro Lincoln Continental 1959 que só utiliza baterias elétricas e biocombustível. O automóvel foi batizado como "LincVolt".


Retirado de: http://g1.globo.com/swu/swu2011/noticia/2011/06/swu-2011-anuncia-primeiras-atracoes-do-festival.html

segunda-feira, 27 de junho de 2011

BRET MICHAELS ACREDITA EM FANTASMAS

O vocalista do Poison Bret Michaels apareceu no ultimo dia  25 de junho em um episódio do programa "Celebrity Ghost Stories", programa no qual celebridades compartilham experiências reias com fantasmas. Michaels diz que passou a acreditar em fantasmas, porque ele está convencido de que sua falecida avó apareceu na frente dele.

"Eu acredito que eu absolutamente, com certeza, tenha visto uma aparição na minha vida ... Eu senti a presença de alguém chegar e colocar suas mãos sobre meus ombros. Foi uma sensação de calor. Era quase como um amigo. Eu me viro, e era a minha avó "

O Programa Celebrity Ghost Stories é contado completamente através da narrativa em primeira pessoa por atores notáveis, músicos e personalidades que acreditam ter experimentado o outro lado da vida.

U2 é alvo de protestos no festival de Glastonbury



O show do U2 na última sexta-feira, no festival Glastonbury, na Inglaterra, foi marcado por protestos e confusão.
Um grupo se atracou com seguranças ao tentar inflar um balão de cerca de seis metros. Os manifestantes condenavam a banda irlandesa por tentar baratear impostos pagando-os em outro país.

Fonte: Destak

SWU: 13 artistas internacionais que podem ser anunciados?

Por Uilliam Rieffel | Em 27/06/11 | Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos  | Retirado do Whiplash

A organização do SWU realizará uma entrevista coletiva nesta terça-feira, onde divulgará detalhes sobre a edição de 2011 do festival. Mas antes disso, o colunista do Yahoo! Ale Rocha soltou uma lista de artistas que estariam no festival segundo fontes oficiais não divulgadas. Destacamos que a informação NÃO É OFICIAL. Mas segue a lista divulgada pelo jornalista.
Arctic Monkeys
Black Eyed Peas
Black Keys
Bob Dylan
Cold War Kids
Kaiser Chiefs
Marilyn Manson
Maroon 5
Megadeth
Neil Young
Sonic Youth
Simple Plan
Soundgarden
Não custa reiterar que NÃO É OFICIAL. Em nenhum momento estamos dizendo que essa lista será confirmada. E apenas estamos divulgando porque esta informação tomou proporções que não dá para ignorar.
Mas estamos na torcida... :-)

domingo, 26 de junho de 2011

Confirmado show do Red Hot em São Paulo em setembro

Segundo noticiado no Portal G1, o Red Hot Chilli Peppers se apresentara em São Paulo no dia 21 de setembro, na Arena Anhembi. A banda sera headliner do Rock in Rio no dia 24 de setembro.
A apresentação da banda liderada por Anthony Kiedis será baseada no disco mais recente, “I’m with you" (2011). A última passagem do Red Hot Chilli Peppers pelo Brasil aconteceu em 2002, durante a turnê “By the way".
O show de abertura ficará por conta dos ingleses do The Foals, que lançou em 2010 o álbum "Total life forever", apontado como um dos melhores daquele ano pela revista NME.
Os ingressos para o show em São Paulo começarão a ser vendidos no próximo dia 5 de julho, na bilheteria do Estádio do Morumbi, e custarão R$ 200 (pista) e R$ 500 (pista premium). Informações sobre outros pontos de venda de ingressos estão no site oficial da turnê brasileira.

Fonte: G1

ZZ Top pode lançar novo disco ainda este ano

Segundo noticiado na Guitar Player os fãs de ZZ Top podem se animar, pos as perspectivas para 2011 são boas. O trio texano deve lançar um novo álbum de estúdio até o fim do ano. Será o primeiro desde 'Mescalero', de 2003. Quem deu a dica foi Billy Gibbons.
O guitarrista falou sobre os planos da banda em uma entrevista ao site Fox 26. "Este será um ano excepcional em vários níveis", anunciou. O álbum, que ainda não tem título definido, já está gravado e agora segue para a mixagem. A produção ficou a cargo de Rick Rubin.
"Rick trouxe com muita maestria seus toques particulares de mágica dando algumas sugestões. Basicamente, ele disse: 'Vocês não têm que ficar muito melhores. Basta fazer o que fazem'. Então, foi isso o que fizemos".
O guitarrista ainda contou que as faixas estão rápidas e soando alto e que a banda voltou às suas raízes.

Fonte: Guitar Player