quinta-feira, 3 de maio de 2012

Scott Weiland: disposto a uma reunião do Velvet Revolver


O VELVET REVOLVER se reuniu com o vocalist do STONE TEMPLE PILOTS, Scott Weiland, para uma performance única no "Love You Madly: A Concert For John O'Brien" em janeiro, no House Of Blues em West Hollywood, Califórnia. A banda tocou um set de 4 músicas – incluindo um cover do clássico "Wish You Were Here" do PINK FLOYD — no evento, que prestou tributo ao compositor premiado pela ASCAP, John O'Brien, que foi encontrado morto em um quarto de hotel em Chicago em agosto.
Quando perguntado pela RollingStone.com se ele estaria aberto a uma reunião completa do VELVET REVOLVER em algum momento, Weiland disse, "Sim, definitivamente estaria, em algum momento. Se o Maynard [James Keenan] consegue isso com o A PERFECT CIRCLE e o TOOL, então não há razão nenhuma pela qual eu não deveria seguir com as duas bandas [STONE TEMPLE PILOTS e VELVET REVOLVER]".

Falando a Frankie DiVita, personalidade do rádio na 96.7 KCAL Rocks, no show do NAMM (National Association Of Music Merchants) de 2012, o baterista do VELVET REVOLVER, Matt Sorum, declarou o seguinte sobre a experiência de tocar com Weiland, "Foi legal, cara. Não tocávamos juntos há muito tempo. Ele passou algumas músicas. Nós tocamos apenas umas três músicas. Mas foi legal estar no palco e tocar de novo. Foi como andar de bicicleta. Todos se divertiram e nós levantamos fundos por uma situação bem triste. O John O'Brien faleceu e deixou uma esposa grávida e mais um filho. E muita gente apareceu no show... Foi incrível".

Ele acrescentou, "Nós nos divertimos. O Scott e eu acertamos umas coisas nos bastidores e conversamos, e isso foi legal. Ele chegou pra mim e foi realmente humilde e bacana. Porque as coisas acontecem quando você está na estrada e as pessoas ficam cansadas e falam merda. Tudo cai na internet agora; você não escapa de nada".
"Estando no music business tanto tempo como eu, eu ainda estou aprendendo. Ficamos na estrada 18 meses. E ficamos cansados e aconteceram coisas. Há muita pressão. Você acha que sempre iria querer fazer de forma diferente, mas as coisas são como tem de ser; não dá pra explicar".
"Nós fizemos uns bons discos [com o Scott]. O segundo disco ['Libertad', de 2007] não fez tanto sucesso quanto o primeiro ['Contraband', de 2004], mas acho que é um disco bacana também. Eu gostei de muita coisa daquele disco, e de ter trabalhado com o Brendan O'Brien [produtor]. O primeiro disco, obviamente, foi um enorme sucesso para nós".

Quando perguntado se há alguma chance do VELVET REVOLVER trabalhar com Weiland novamente, Sorum disse, "Eu não sei... Vamos ver o que acontece. O Slash [guitarrista do VELVET REVOLVER] está com a agenda cheia por um ano pelo menos [fazendo turnê por seu próximo álbum solo], então eu não sei o que vai acontecer, para ser honesto. Nós não discutimos isso... Eu não sei... Não sei dizer. Isso não foi discutido, na verdade, então eu não quero falar sem saber".

Falando por que foi tão difícil para o VELVET REVOLVER encontrar um substituto para Weiland, Sorum disse, "Estávamos tentando [encontrar um novo vocalista ano passado], mas não deu certo... Tínhamos o Corey Taylor [do SLIPKNOT e STONE SOUR] que veio e compôs músicas conosco; isso é bem sabido. Fizemos umas músicas, e não deixou ninguém extasiado. Então nós basicamente pusemos o pé no freio. Acho que eu estava animado em dar prosseguimento, mas talvez isso fosse mais uma empolgação do que outra coisa... Acho que foi legal, mas o Slash não curtiu. E se não estivermos em um consenso, nós normalmente não seguimos... Nós respeitamos isso, sabe".

O setlist do VELVET REVOLVER na performance de 12 de janeiro com Scott Weiland no evento "Love You Madly: A Concert For John O'Brien" foi o seguinte:

01. Sucker Train Blues
02. She Builds Quick Machines
03. Slither
04. Wish You Were Here (cover do PINK FLOYD)

Fonte: Whiplash
Traduzido por Nathália Plá | Em 03/05/12 | Fonte: blabbermouth.net