sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Led Zeppelin - Retorno em 2014?


Robert Plant, em recente entrevista ao programa australiano 60 Minutes,  disse que está disposto a voltar ao Led Zeppelin. "Depende deles, minha agenda em 2014 está livre", disse o cantor, se referindo aos companheiros Jimmy Page e John Paul Jones.
A confissão surpreende pois Plant era um integrante que sempre rechaçou a ideia de uma volta da banda. A última reunião foi em 2007, na O2 Arena de Londres, e contou com todos os três membros, além de Jason Bonham, filho do baterista original da banda, John. Essa reuniao resultou no recem lançado DVD "Celebration Day".
Surpreso com os comentarios de Plant, Jason também comentou sobre a possibilidade de reunião em sua página no Facebook: “Eu acabo de assistir à entrevista de Robert, onde ele diz que está livre em 2014. Não sei ao certo como entender isso – o que vocês acham?”



quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Slayer: Dave Lombardo não faz mais parte da banda


Segundo publicado por Ricardo Selling, editor do site Collectors Room, a quinta-feira começou com uma notícia bombástica: Dave Lombardo foi demitido do Slayer! O motivo: ele questionou o modo como os negócios da banda são geridos, e o guitarrista Kerry King não teria gostado dessa atitude e o expulsou do grupo.

O início de toda essa história está no fato de que, após consultar os dados financeiros da banda, Lombardo percebeu que apenas 10% de todo o valor que o Slayer arrecadou durante as turnês que realizou em 2012 chegaram aos bolsos dos músicos. Ele questionou isso com King, conforme o próprio baterista conta em seu comunicado oficial:

Quero pedir desculpas pessoalmente a todos os nossos fãs na Austrália que compraram bilhetes para a turnê com a expectativa de me assistir no meu lugar habitual na bateria.

Para que todos saibam a verdade, a partir do final do contrato que temos entre nós, que venceu em 14 de fevereiro, fui informado de que não seria o baterista para a turnê na Austrália. Estou triste, e para ser honesto, chocado com a situação.

No ano passado eu descobri que 90% da renda do Slayer em turnê estava sendo deduzida como despesas, incluindo os honorários profissionais pagos aos managers, custando milhões de dólares das receitas da banda e deixando apenas 10%, ou menos, para ser dividido entre nós quatro. Na minha opinião, essa não é a maneira como uma banda deve operar financeira e administrativamente. Tentei corrigir isso, levando a situação até os meus companheiros. Tom e eu contratamos auditores para descobrir o que aconteceu, mas me foi negado o acesso a informações detalhadas e aos documentos necessários
.”

Lombardo diz que estranhou quando, no Natal de 2012, recebeu apenas um pequeno adiantamento depois de rodar o mundo durante todo o ano passado. Quanto questionou isso, recebeu a resposta que o contrato que ele havia assinado quando retornou ao grupo em 2001 não lhe concedia acesso às informações financeiras do grupo, bem como dar entrevistas e conceder declarações em nome do Slayer.

Dave continua: “Segunda-feira passada sentei com Kerry e Tom para ensaiar para a turnê australiana e propor um novo modelo de negócio para a banda, que eu ser o melhor caminho a seguir. Kerry deixou claro que ele não estava interessado em fazer mudanças, e disse que se eu quisesse discutir esse assunto ele iria encontrar outro baterista. Na quinta-feira ensaiamos por uma hora, como previsto, mas Kerry não apareceu no ensaio. No final do dia recebi um e-mail dos advogados dizendo que estava sendo substituído para as datas australianas. Continuo esperançoso de que podemos resolver os nossos problemas. Mas mais uma vez, peço sinceras desculpas a todos os nossos fãs na Austrália, que gastaram seu dinheiro à espera de ver nós três, membros originais do Slayer.”

Todo esses acontecimentos vem à tona poucos dias após Kerry King declarar que não deseja ter substitutos se revezando na vaga de Jeff Hanneman, que está afastado por motivos de saúde e não tem previsão de voltar ao grupo. Jeff, inclusive, deve ficar fora da gravação do novo álbum do Slayer. Ele está sendo substituído temporariamente por Gary Holt, do Exodus. Para o posto de Lombardo, o Slayer já anunciou o retorno do baterista John Dette, que tocou na banda entre 1996 e 1997, mas não chegou a gravar nenhum disco.

Essa é a terceira vez que Dave Lombardo deixa o Slayer. Ele saiu em 1986 alegando também questões financeiras, mas retornou no ano seguinte. Em 1992 deixou o grupo novamente, retornando apenas em 2001.

No momento, a banda conta, então, apenas com Kerry King e Tom Araya como membros originais e fixos. Mas, ao que parece, com base nas declarações de Lombardo, há algo de podre dentro do reino sangrento do Slayer, e não me surpreenderia se tivéssemos novidades sobre o assunto nas próximas semanas.


Vale lembrar que o Slayer está escalado para o Rock in Rio 2013, e tocará no festival no dia 22/09, mesma data de Iron Maiden e Avenged Sevelfold.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Steven Tyler e Joe Perry serão homenageados no Pop Music Awards


A The American Society of Composers, Authors and Publishers (ASCAP) irá celebrar a obra de Steven Tyler e Joe Perry durante a 30ª cerimônia do Pop Music Awards. O evento acontece em Los Angeles, no dia 17 de abril. A dupla será homenageada pelo trabalho como compositores frente ao Aerosmith. Já receberam a honraria anteriormente nomes como Paul McCartney, Stevie Wonder e Neil Young, entre outros.

Publicado Originalmente: Van do Halen

Angra: apresentação no Live N' Louder com Fabio Lione


De acordo com o jornal Destak, que divulgou com antecedência todas as bandas que vão estar no Live N´ Louder em 2013 até o momento, o ANGRA, tendo como vocalista Fabio Lione, do RHAPSODY OF FIRE, vai se juntar às bandas já anunciadas para o festival que ocorre no dia 14 de abril em São Paulo. De acordo com informações da Top Link, a banda será a única representante brasileira no festival, pois não há mais espaço no casting final do evento por questão de logística. A confirmação da atração nacional será informada pela Top Link nesta Quarta-Feira (20 de Fevereiro), junto com o início das vendas dos ingressos.
O evento, que será realizado no Espaço das Américas em São Paulo, terá também as bandas Twisted Sister, Loudness, Molly Hatchet, Sodom e Metal Church.

Fonte: Whiplash